dezembro 29, 2009

Beleza...


Nosso destino individual está, nesses tempos, nas mãos de insensatos.
O consolo é que, felizmente, em meio a tanta insensatez, em meio a tanto disparate, existe gente que continua pintando ou esculpindo, que segue escrevendo ou sonhando; ou seja, produzindo beleza. Que misteriosa é a beleza!

Jorge Luis Borges / Borges Verbal, Emecê Editores – Buenos Aires

4 comentários:

Kovacs disse...

Desejo um 2010 com muita poesia, música, literatura e tudo aquilo que gostamos tanto!

Crow disse...

Os anos passam e continuas escolhendo bem as palavras.

Lady Cronopio disse...

Kovacs!
Sempre toda aquela coisa para nós, amantes destas artes.

Crow!
Falta me fizeste, garoto!
Bom te ver de novo.

Djabal disse...

Tão misteriosa quanto a amizade.
Felizes novos anos vindouros. ....
Sempre e sempre.
Beijos.