setembro 25, 2007

Grão



olho a tua fotografia, que marca as páginas do livro que leio
- livro que me deste
e chego a acreditar em sonhos.
só posso ter sonhado que um dia te tive nos meus braços, que acariciei teus cabelos nevados, que olhei em teus olhos e me vi refletida neles.
só pode ter sido sonho,
ou não seria apenas esta tua imagem roubada, estática aqui nas minhas mãos a me sorrir, ou a sorrir pra alguém que pilotava a câmera.
na real, somos apenas palavras soltas pelos espaços piroloucos da realidade virtual,
e a cada dia mais distantes, mais sombrios, mais grão de areia.


albanegromonte

Um comentário:

Kenny O disse...

Hey, Just cruising Blogs, Enjoyed yours aliitle Different then Mine, Yet Cool,
thanks
kennyo
http://mysportpicks.blogspot.com