agosto 29, 2010

Achei este jogado na rua...

"é provável que fale de ti para descobrir onde é que ainda gosto de mim. no fundo, tu não existes, ou já não existes dentro de mim, fazes parte do meu falhanço. surge o risco de enlouquecer sozinho. mas, se me estiveres a ouvir, ajuda-me a caminhar na tua direcção. não me dês espelhos, não me enganes mais, não demores a chamar-me".

Al Berto

6 comentários:

Djabal disse...

"Nessa pedra alguem sentou para ver o mar
Ma o mar,nao parou para seo olhado
E foi mar,pra todo lado".
paulo leminski

Beijos e a.c.t.

Menina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Menina disse...

Vigi...ainda bem que tu achou!!!

Lady Cronopio disse...

Ah, Djabal das minhas inspirações para continuar!!
Seja sempre você este candeeiro que alumia minhas procuras.
Beijos

Lady Cronopio disse...

Menina, sempre acho cavalos-marinhos ou ostras encantadas pelos mares que singro.
Desejas.
Trarei para ti na próxima viagem.
Beijos

Menina disse...

Uaaaaaaaau!!!Quando viajas???Posso ir junto???
é porque...isso aqui sem tua ilustre presença...só tem graça por causa dos comentários do Caba aí de cima!
Kisses Tchucs,
Menina.